“Em algum lugar” superbacana com uma melancolia super indie-cool-descolada!

São muitas as razões de porque não gostei do novo filme de Sofia Coppola, Um Lugar Qualquer (Somewhere). Mas  posso resumir assim:

A diretora quer nos convencer/mostrar que é muito sofrimento ser filha de Francis Ford Coppola, e para isso faz um pastiche vazio de Michelangelo Antonioni (conjunto da obra), Win Wenders (Paris, Texas) e Lucrecia Martel (A Menina Santa). Como é filha do Coppola e ex-namorada do Tarantino, o filme ganhou o festival de Veneza.


É isso. Como resume bem minha irmã a Sofia Coppola faz filmes sobre “pobres meninas ricas” (e olha que eu até gosto de Maria Antonieta). Nesse ela atingiu a essência do tema.

Os planos são bonitos, os figurinos e a trilha vão maravilhar os indies. E é isso. Caia nessa quem quiser!

O tratamento é de doer, o filme é preguiçoso. As metáforas visuais são sutis como um elefante se jogando do topo de um prédio, o filme não tem ritmo nem bons personagens. Repetições de truques do Encontros e Desencontros (Lost in Translation) como o humor feito em cima das diferenças com outro país, que geram cenas engraçadas, mas… E claro, tem gente pensando na vida olhando pela janela. Maneirismos, e muito estilo por quase nada…


Poderia-se dizer que ela faz um retrato “real e cru” do mundo das megacelebridades, mas isso não é verdade. Ela só retrata isso de uma outra maneira “super cool”.

Sem nem mencionar que o filme é moralista…

Enfim, Sofia Coppola tem o mérito de retratar o mundo que gira em torno do seu umbigo, o que poderia ser sincero e interessante (não é porque ela não consegue deixar de ser poser). Não dá para negar que ela é “autoral”, depois de um filme para tratar do namorado (Spyke Jonze em Encontros e Desencontros) fez um para falar sobre seu pai.

Enfim…um filme vazio que em tese critica a vida vazia das celebridades…

Ou seria uma obra prima de beleza e sensibilidade e eu que sou um ogro?

 

PS: A música dos Strokes é linda, e foi exatamente nesse momento que eu perdi o resto de paciência que eu estava tendo com o filme…

3 Comentários

Arquivado em cinema

3 Respostas para ““Em algum lugar” superbacana com uma melancolia super indie-cool-descolada!

  1. Q

    Concordo com as críticas, talvez não no mesmo grau, tb acho mega poser, mas na verdade não acho um problema do filme, mas da diretora… Tb não me relaciono com Virgens Suicidas ou Maria Antonietta, neste último me aborreço justamente com o encanto que ela tem de roupas e comidas… O único retrato de tédio e frivolidade que me encanta é de Lost in Translation, e daí gostei mto, mas talvez precisasse rever… De qq maneira, umbiguismo ou não, acho válido o retrato de um mundo tão específico que ela viveu e vejo mérito na construção de um personagem vazio de maneira vazia (o final pretensamente redentor e que imagino que seja o q vc cita de moralismo é que não cola de jeito nenhum! Vem do nada e gratuitamente, aff!), e a menina é uma graça e seu encanto de juventude é construído na medida… E ponto, pra mim os méritos acabam aí… Desde sempre, toda filmografia que é bem coerente… Não? Ou vc gosta de outros? Pq costumo ser voz dissonante sobre Virgens Suicidas, por exemplo… ps: tréplica com um café ou breja? bjs

  2. Gio

    Well, eu gostei do filme. Se vocês já conheciam a filmografia da Coppola, deviam saber que ela tende a fazer filmes vazios, e se deve ver o filme com esse olhar. Já era de se esperar algo assim depois de As Virgens Suicidas, ou Lost in translation. O que não faz ela de uma diretora menos capaz. Foi justo o Festival de Veneza. Pelo o que eu li em cima, eu tenho o mesmo encanto por roupas, comida e boa fotografia. E isso SEMPRE esteve presente nos filmes que ela faz. O blasé dos filmes dela, simplesmente me cativa.

  3. alivio

    Foi o pior filme que eu assisti em 2011.
    Chato pra caralho!
    Concordo com as críticas negativas acima.
    Faltou amarrar o filme.
    Bodiei da Sofia Coppola.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s